PRPI - Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação

ATRIBUIÇÕES EQUIPE PRPI – UFJ

By Natiely Peres On 10/08/21 11:09 Updated at 10/08/21 11:10

ATRIBUIÇÕES EQUIPE PRPI – UFJ

 

Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI)

  • Gestão geral das atividades desenvolvidas na PRPI;

  • Planejar, coordenar, executar, controlar, supervisar e avaliar as atividades de pesquisa e inovação da UFJ;

  • Coordenar os programas de fomento, intercâmbio e divulgação da pesquisa e inovação;

  • Viabilizar convênios nacionais e internacionais, visando ao desenvolvimento de programas de investigação científica e tecnológica;

  • Representar a UFJ frente aos órgãos de fomento à pesquisa e inovação (CNPq; FINEP; FAPEG e demais Agências nacionais e internacionais);

  • Coordenar a elaboração de projetos de pesquisa e inovação institucionais e submetê-los como representante institucional;

  • Presidir a Câmara Superior de Pesquisa e Pós-graduação na ausência do Pró-reitor de Pós-graduação;

  • Representar e defender os interesses da pesquisa e inovação no Conselho Universitário;

  • Coordenar as atividades de definição e elaboração das políticas de pesquisa e inovação da UFJ, juntamente com os coordenadores de pesquisa das unidades acadêmicas.

 

Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Inovação

  • Substituir o Pró-Reitor em seus impedimentos legais;

  • Acompanhar o desenvolvimento e a execução das rotinas administrativas da Pró-Reitoria;

  • Colaborar no planejamento e na execução de ações, atividades, projetos e programas de responsabilidade da Pró-Reitoria;

  • Colaborar com o Pró-Reitor nas atividades relacionadas à gestão da Pró-Reitoria; Participação como membro da Câmara Superior de Pesquisa e Inovação Tecnológica;

  • Acompanhar as atividades da Pró-Reitoria, analisando-as e dando-lhes encaminhamento;

  • Colaboração na organização de eventos (Palestras da IC, Dia C da Ciência, Conepe).

  • Gestão dos Grupos de Pesquisa da UFJ na Plataforma Carlos Chagas;

  • Executar outras atividades inerentes à área ou que venham a ser delegadas pela Pró-reitoria e/ou Reitores.

 

Secretaria Administrativa

  • Assessorar diretamente o pró-reitor e os diretores da equipe;

  • Atender o público interno e externo;

  • Redigir a correspondência oficial da Pró-Reitoria;

  • Fazer a gestão de informações, controlando e arquivando correspondências e documentos no SEI;

  • Assessorar reuniões;

  • Cadastrar e acompanhar, na plataforma do sistema de gestão administrativa da UFJ, solicitações, processos e correspondências;

  • Cadastrar e assessorar a coordenação e realização de eventos;

  • Assessorar a coordenação dos editais;

  • Acompanhar e gerenciar informações sobre editais;

  • Fazer a gestão do sistema SIGAA Pesquisa;

  • Manter e atualizar a página da PRPI na internet;

  • Auxiliar coordenadores de pesquisa em relação ao sistema integrado de gerenciamento para o registro dos projetos de pesquisa, planos de trabalhos de Iniciação Científica e Grupos de Pesquisa;

  • Assessorar o Programa Jovem Pesquisador;

  • Emissão de certificados dos eventos da PRPI;

  • Executar outras atividades inerentes à área ou que venham a ser delegadas pela autoridade competente.

 

Diretoria de Pesquisa

  • Promover e apoiar a execução e divulgação das políticas institucionais referentes às ações de pesquisa universitária;

  • Coordenar a formulação e a implantação de políticas e diretrizes da pesquisa universitária e acompanhar as atividades das demais estruturas organizacionais desta Pró-Reitoria;

  • Gestão do Programa de Iniciação Científica da PRPI/UFJ;

  • Gestão do Comitê Interno do Programa de Iniciação Científica da PRPI/UFJ;

  • Gestão da Plataforma Projetos de Pesquisa no Sigaa;

  • Gestão do Programa Jovem Pesquisador;

  • Promover a qualificação dos projetos de pesquisa e grupos de pesquisa, por meio de exposições nos cursos, reuniões, etc;

  • Realizar ações de pesquisa que possibilite a integração comunidade em geral;

  • Participar e/ou coordenar Grupos de trabalhos (GT) relacionados à pesquisa;

  • Participar da organização do Seminário de Iniciação Científica promovido por esta Pró-reitoria;

  • Apoiar e acompanhar o gerenciamento de ações de pesquisa submetidas no sistema SIGAA-Pesquisa;

  • Acompanhamento das chancelas dos grupos de pesquisa na Plataforma SisGen;

  • Executar outras atividades inerentes à área ou que venham a ser delegadas pela Pró-Reitoria ou autoridade competente.

 

Secretaria dos Comitês de Ética

  • Suporte aos Comitês CEP e CEUA;

  • Recebimentos e devidos encaminhamentos de projetos oriundos da UFJ e de outras instituições da região para os membros do Comitê;

  • Cadastro e acompanhamento dos projetos nas suas respectivas plataformas;

  • Organização e acompanhamento das reuniões e confecção de atas;

  • Atendimento ao público em geral sobre os Comitês;

  • Acompanhar e validar as informações dos docentes junto ao Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado – SisGen.

 

Coordenação do Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

  • Representar o Comitê em suas relações internas e externas;

  • Instalar o Comitê e presidir as reuniões e plenárias quando estiver presente;

  • Promover a convocação das reuniões;

  • Indicar membros para estudo e emissão dos pareceres necessários à compreensão da finalidade do Comitê;

  • Tomar parte nas discussões e votações e, quando for o caso, exercer direito do voto de desempate.

 

Coordenação do Comitê de Ética no Uso de Animais (CEUA);

  • Representar o Comitê em suas relações internas e externas;

  • Instalar o Comitê e presidir as reuniões e plenárias quando estiver presente;

  • Promover a convocação das reuniões;

  • Indicar membros para estudo e emissão dos pareceres necessários à compreensão da finalidade do Comitê;

  • Tomar parte nas discussões e votações e, quando for o caso, exercer direito do voto de desempate.

 

Diretoria de Inovação Tecnológica

  • Consolidar estruturas qualificadas de apoio administrativo às atividades de pesquisa e de desenvolvimento tecnológico;

  • Buscar financiamentos para infraestruturas institucionais multiusuárias de apoio à pesquisa e inovação;

  • Auxiliar no estímulo à criatividade científica e o empreendedorismo na Universidade;

  • Estimular o desenvolvimento de pesquisas interdisciplinares e técnico científicas interinstitucionais;

  • Expandir as ações de pesquisa colaborativa, garantindo a relação da Universidade com a sociedade na solução de problemas regionais, estaduais e nacionais;

  • Formular ações que visam o incentivo da pesquisa dos potenciais pesquisadores da UFJ para atuação em demandas específicas da sociedade;

  • Fortalecer o compartilhamento de infraestrutura e a busca de novos desafios voltados para a inovação, desenvolvimento e transferência de conhecimento e tecnologia;

  • Identificar oportunidades de captação de recursos e implementar ações para melhoria da capacidade dos pesquisadores na elaboração de projetos;

  • Programar ações que colaborem com o desenvolvimento e a transferência de tecnologias e do conhecimento;

  • Incentivar e apoiar os grupos de pesquisa, de empreendedorismo e extensão tecnológica;

  • Inserir novos talentos de pesquisa em grupos já consolidados e estimular a formação de novos grupos em áreas estratégicas;

  • Orientar a reestruturação de grupos de pesquisa buscando melhorar a produtividade científica e a prestação de serviços técnicos;

  • Promover a integração entre os grupos de pesquisa para desenvolver pesquisas nas fronteiras do conhecimento e nas interfaces de conhecimentos das diferentes áreas na UFJ;

  • Interagir com os programas de pós-graduação, visando a inovação e a articulação de competências para elaboração de projetos institucionais;

  • Prestar suporte e fornecer informações e capacitação para a elaboração e gestão de projetos de pesquisa;

  • Buscar recursos para a manutenção e estímulo ao uso dos laboratórios multiusuários para a pesquisa colaborativa;

  • Atuar junto às unidades acadêmicas visando o alinhamento dos seus planos de pesquisa às políticas de pesquisa e inovação da UFJ;

  • Promover ações institucionais que visem a qualificação de recursos humanos na capacitação em empreendedorismo, gestão de inovação, transferência de tecnologia e de propriedade intelectual.

 

a) Coordenação da Beetech

  • Cumprir o regimento interno e normas do programa de Incubação de Empresas, de base tecnológica, da UFJ;

  • Coordenar o complexo técnico, administrativo e operacional da Beetech e departamentos/laboratórios em anexos, se for o caso;

  • Servir de agente articulador(a) entre empreendimentos vinculados (pré-incubados, incubados e/associados), UFJ, fundação e agências de fomento;

  • Coordenar a execução das políticas e diretrizes emanadas do Conselho Deliberativo da Beetech;

  • Cumprir e fazer cumprir instruções normativas e as decisões do Conselho Deliberativo;

  • Elaborar lista, de especialistas (consultores ad-doc quando necessário), para análise dos projetos candidatos à vinculação à Beetech, de acordo com sua natureza;

  • Buscar junto aos parceiros da Beetech apoio para a execução das propostas/projetos aprovados pelo seu Conselho Deliberativo;

  • Incentivar a realização de ações de fomento ao empreendedorismo e inovação;

  • Fornecer ao Conselho Deliberativo, da Beetech, informações e meios necessários ao eficiente desempenho de suas atribuições;

  • Coordenar as ações de suporte aos empreendimentos vinculados à Beetech;

  • Elaborar o plano estratégico e relatórios anuais de atividades da Beetech;

  • Realizar gestões junto aos órgãos/instituições competentes, para obtenção de recursos necessários, para efetivação de ações estabelecidas, de acordo com seu planejamento estratégico;

  • Executar outras atividades inerentes à área ou que venham a ser delegadas pela Pró-Reitoria ou autoridade competente.

 

Coordenação das Empresas Júniores

  • Promover a articulação de projetos ligados à educação empreendedora no âmbito Universidade;

  • Estimular o estabelecimento de parcerias entre discentes com o objetivo de fortalecer o ecossistema empreendedor na comunidade acadêmica;

  • Fornecer o suporte, do ponto de vista da infraestrutura e serviços profissionais para as empresas juniores da Universidade e para projetos empreendedores desenvolvidos no âmbito da comunidade acadêmica;

  • Apoiar o desenvolvimento da cultura empreendedora, consolidando a transferência e a difusão de ideias, experiências e informações ligadas à inovação e empreendedorismo.